Projetando com Design Thinking


Não basta fazer diferente pra ser um profissional inovador. É preciso pensar, sentir, agir e encarar situações desafiadoras com humildade e vontade. É assim que o Design thinking atua: como uma "metodologia" baseada nos pilares da "Empatia, Colaboração e Experimentação". Existem inúmeras publicações sobre o assunto, além de vídeos do youtube e do ted onde você pode aprender mais sobre o Design Thinking.

Fato é que não tem mais o que impeça a inovação de conduzir as atitudes humanas mesmo que ainda haja muitos jogos de poder e controle nos meios de trabalho e político em que vivemos. Isso porque inovação é acima de tudo um comportamento que beneficia a todos. É estar disponível ao constante aprendizado, a ouvir mais, a propor ideias sem medo de julgamentos e principalmente sem o medo de errar. Aliás, o erro é mais do que bem vindo, pois ele também é uma fonte de aprendizado. Quanto mais cedo a gente errar, mais rápido chegaremos a alternativas eficientes.

Inovação tem um foco: o de buscar por soluções que tragam satifação para os envolvidos de uma maneira coerente, ou seja, ninguém precisa sofrer por se sentir deixado pra trás. O processo de inovação está um passo acima das atitudes egóicas que nos fazem sentir apegados às próprias ideias e contrários às opiniões alheias.

Aprender a inovar é praticamente um estilo de vida, coerente com valores de sustentabilidade, com os modelos mais saudáveis de vivenciar a espiritualidade e o convívio com os demais.

Em minha profissão, como arquiteta do Studio Mostarda, ou no meu dia a dia familiar, com amigos e parceiros, trago sempre como referência os valores do Design Thinking. Inovação faz bem pro trabalho, pros momentos de descontração e pro coração.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square

Mare de Campos  arquiteta

mc@studiomostarda.com.br 

Tel: 55-11-972959520